Irará deixa de pertencer à Região Metropolitana de Feira de Santana para receber mais investimentos

Nesta semana, a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), aprovou Projeto de Lei Complementar que retirou Irará da Região Metropolitana de Feira de Santana. O projeto do deputado estadual Pablo Barroso (DEM), foi acatada pela Casa Legislativa, que entendeu os benefícios que essa medida representará para o município. “A proposta vai permitir que o município receba R$ 7 milhões do governo federal”, disse o deputado. 

De acordo com o prefeito Juscelino Souza (DEM), a manutenção de Irará na RMFS estava sendo mais negativa do que positiva para o município “A continuidade na região metropolitana estava impedindo a pactuação de alguns convênios federais, a exemplo da FUNASA para implantação do esgotamento sanitário”, disse o prefeito Juscelino que garante que o relacionamento os municípios vizinhos continuará sendo muito positivo. 

“Temos uma relação irmanada com Feira de Santana, que será mantida. A saída da RMFS não prejudicará Feira, nem qualquer outro município do entorno. Essa decisão foi pensada para o desenvolvimento de Irará”, finalizou.

Compartilhe

Mais Notícias